A BlackBerry do Software: O Futuro da Marca!


Desde o lançamento do RIM 805, os dispositivos BlackBerry sempre foram objetos de desejo e muito bem aceitos no mercado corporativo e também no mercado consumidor. Mas com o passar dos anos, a concorrência aumentou, os preços dos insumos aumentaram (commodities), os custos de trabalho aumentou (mundial) e acabou tornando-se muito caro para RIM a fabricação de hardware.

Em Maio de 2012 fizemos uma análise sobre o Futuro Negro da RIM BlackBerry, no qual exploramos a situação da empresa sob o comando do novo CEO Thorsten Heins, no qual implantou uma nova estratégia de negócios com a transição da plataforma técnica da RIM, além dos planos para entregar o BlackBerry 10 com sucesso para o mercado. Com as ações despencando e as vendas de smartphones com BBOS 7.1 e do Tablet Playbook amargando número fracos, o que poderia ter sido feito na época?

Uma possibilidade para mudar a situação seria a venda parcial da empresa. Uma fusão com uma grande empresa do setor de smartphones seria uma solução viável para a RIM reverter as perdas e voltar a lucrar. Sabíamos na época que a divisão de hardware dava muito prejuízo, e sugerimos o seguinte:

RESEARCH IN MOTION DEVE PARAR A FABRICAÇÃO DE HARDWARE E FOCAR EM SOFTWARE E SERVIÇOS!

Esta decisão acabou sendo tomada, porém 4 anos depois, sob o comando do CEO John Chen. Tal decisão histórica foi anunciada em 28/09/2016, junto com os resultados financeiros do trimestre.

No último relatório financeiro, o prejuízo do último trimestre ficou em US$ 372 milhões, enquanto o lucro bruto foi de US$ 334 milhões. Para cortar gastos e focar no que vem dando lucro, a empresa cortou o que estava dando prejuízo. – Showmetech

Chegou-se ao fim o desenvolvimento de hardware interno da BlackBerry. Mas o que isso realmente significa? A BlackBerry não irá mais lançar novos dispositivos?

Com o fim da divisão de hardware, a BlackBerry irá focar exclusivamente em Software e Serviços, enquanto o desenvolvimento e fabricação de novos dispositivos móveis da marca serão processados através de terceiros. Saiba mais no BlackBerry Magazine.

John Chen argumentou que a BlackBerry deseja lançar novos aparelhos, incluindo modelos com o icônico teclado físico, a marca registrada da empresa:

Despite BlackBerry getting out of the business of making handsets, BlackBerry CEO John Chen has plans for devices with the iconic BlackBerry QWERTY keyboard. Speaking to Amber Kanwar, John Chen confirmed it will continue on and BlackBerry will be selective when managing the brand. !!!

Este novo rumo da BlackBerry, voltando as origens, já vinha sido anunciado pela empresa a um bom tempo como parte da reformulação estratégica da empresa. No passado a BlackBerry era líder deste mercado de smartphones e hoje seu market share está bem baixo, porém isto não tem mais importância, pois a empresa não está mais dependente da venda de dispositivos como em gestões passadas.

Os últimos resultados financeiros confirma este novo modelo de negócios com o crescimento substancial na receita da divisão de Software & Serviços da empresa, consolidando ainda mais como líder em segurança móvel no mercado corporativo.

Portanto, o foco hoje são soluções de segurança, powered by BlackBerry, aliados a Experiência BlackBerry, para usuários de outras plataformas, com o foco em aumento de produtividade.

De acordo com John Chen, trazer a característica única BlackBerry para outras plataformas trata-se de uma evolução natural onde o mercado da empresa é para todos os dispositivos, e não mais somente BlackBerry.

Em breve todos estarão de certa maneira, powered by BlackBerry!

Infelizmente o BB10 foi enfraquecido, por conta própria, tanto pela falta de marketing, como pela resistência do mercado em aceitar um sistema “desconhecido” e com um ecossistema bastante inferior aos demais concorrentes. Em face disso, a BlackBerry optou por trazer a ‘Experiência BlackBerry‘ para outras plataformas, gerando lucro e reconhecimento para a empresa!

“Pra que me preocupar com a concorrência se posso encontrar uma maneira de lucrar com o sucesso deles? – John Chen”

Hoje, o Hub e a ‘Experiência BlackBerry’ estão disponíveis para dispositivos Android equipados com o Android 5.0 Lollipop e Android 6.0 Marshmallow. Saiba mais no Sapoha Geek.

A BlackBerry novamente mostrou liderança e inovação. Podemos ver que a BlackBerry está sempre pensando a frente e se posicionando para estar em vantagem diante do futuro da tecnologia, especialmente no que diz respeito a smartphones aliado com produtividade, segurança e comunicação!

A estratégia da empresa está em buscar maneiras de lucrar em cima do sucesso da concorrência, do que correr atrás de um mercado consumidor de smartphones já dominado por Android e iOS.

A BlackBerry é uma nova empresa, multi-plataforma, e com sua tradição continuará a inovar e surpreender seus clientes e a indústria, redefinindo as expectativas de mobilidade. Nós do BerrySocialBr continuamos comprometidos em promover a marca BLACKBERRY, até mesmo em seu formato multi-plataforma. Afinal, SOMOS TODOS BLACKBERRY.