Thorsten Heins estava certo sobre o Mercado de Tablets!


Em 2013, o CEO da BlackBerry na época, Thorsten Heins, em entrevista ao site da Bloomberg soltou uma opinião que em 5 Anos não haveria razão para se ter um Tablet!

“Em cinco anos eu não acho que vai haver uma razão para se ter um tablet.” – disse Heins

Na época, esta citação do Heins gerou muitas críticas ao CEO da BlackBerry com comentários completamente fora de contexto.

Eis que o Heins estava realmente correto! Segundo dados do IDC sobre o mercado de Tablets no Brasil, as vendas vem caindo desde 2014 em altos índices e a previsão para 2017 é que as vendas continuem caindo, conforme podemos conferir no excelente artigo do site Showmetech.

“Talvez existam telas grandes no ambiente corporativo. Tablets não são bons modelos de negócio”, declarou Heins em 2013.

A visão de Heins era que em 5 anos você não precisaria andar com um Smartphone e um Tablet ou laptop nas mãos. Se o smartphone pode executar um programa de e-mail e se conectar a um teclado Bluetooth completo, mouse óptico (ou trackpad) e um monitor HDMI, então por que não apenas conectar o smartphone através de um dock station e usá-lo para acesso remoto do escritório? Este é o conceito da evolução da Computação Móvel que Heins idealizou para a plataforma BlackBerry 10, proporcionando todo o seu ambiente de trabalho em seu Smartphone.

5 Anos

Porque um prazo de 5 anos? Bem, esse era o prazo para o sistema BlackBerry 10 ficar maduro e poder proporcionar a Computação Móvel, executando tarefas de processamento semelhante a um computador. Além do fato que a demanda por telas maiores em smartphones estava em alta em 2013, o que virou tendência nos dias atuais.

Os números comprovam que Heins estava realmente certo sobre o Futuro dos Tablets, não apenas no ambiente Corporativo!